Pastoral

Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis. Já fiz coisas por impulso, já me dececionei com pessoas mas também dececionei alguém. Já abracei para proteger, já ri quando não podia, fiz amigos eternos, amei e fui amado, mas também já fui rejeitado, fui amado e não amei. ...

Em cada perda, Senhor, ajuda-me a partir para a um novo encontro. Cada silêncio seja lugar para reinventar a palavra. Cada pausa dê uma qualidade espiritual ao gesto. Cada sorriso me prepare para uma alegria mais pura. Cada luto seja a oportunidade para um nascimento profundo. Cada dúvida me fortaleça...