Oração da Manhã: 05 de junho de 2018

Oração da Manhã: 05 de junho de 2018

Há milagres à espera de olhares, de ouvidos… e principalmente de coração.
Tudo começa numa notícia e fiquei a pensar nos desafios que esta história nos permitem… anotei apenas alguns desafios que partilho.
A história é simples – um homem e um violino na famosa estação de metro de Washington DC (EUA). Numa manhã fria de Janeiro este homem tocou seis peças de Bach durante 45 minutos. Era hora de ponta e terão passado por ele cerca de 1.100 pessoas. Todos estavam com pressa, poucos repararam nele, apenas 20 pessoas deram algumas moedas (juntou 32 dls), só seis pessoas ficaram algum tempo a ouvir… e no fim não houve aplausos.
O violinista era Joshua Bell, um dos mais talentosos músicos do mundo; tinha tocado algumas das peças mais elaboradas alguma vez escritas; e o violino em que tocava valia 3,5 milhões de dólares. Continua a notícia a dizer que dois dias antes de tocar no metro, Joshua Bell esgotou um teatro em Boston, onde cada lugar custou em média 100 dls. Tratou-se de uma iniciativa organizada pelo jornal Washington Post e fazia parte de uma experiência social sobre perceção, gostos e prioridades.
A história é interessante e pode ajudar-nos a pensar em muitas coisas. O que anda- mos a perder? A beleza que não estamos a ver? A música que deixamos de escutar? O que a pressa nos impede de saborear? O que o preconceito não deixa descobrir? O que a rotina nos engana? Uma vez mais precisamos de aprender a olhar para além das ‘evidências’.