Oração da Manhã: 31 de março 2020

Oração da Manhã: 31 de março 2020

Há muito muito tempo, no Oriente, um homem costumava caminhar pelas ruas escuras da cidade com uma lamparina de azeite acesa. Em dias sem lua as noites eram realmente muito escuras. Um dia, passa pelo homem um amigo e reconhece-o. Apercebe- se que é o João, o cego da cidade. Quando o reconhece pergunta-lhe: – João que fazes com a lamparina acesa, a caminhar pelas ruas escuras da cidade, e ainda por cima tu és cego! Então o cego responde: – Eu não levo a lamparina acesa para ver o caminho. Eu conheço a escuridão do caminho de memória. Levo a lamparina acesa para que os outros encontrem o seu caminho e me vejam a mim! Não é apenas a luz que me ajuda mas que possa também ajudar os outros.

Iluminar o caminho dos outros não é tarefa fácil! Muitas vezes em vez de iluminar ainda tornamos o caminho mais escuro. De que forma? Através da crítica mordaz, do egoísmo, da falta de amor, do ressentimento.
Como seria bom se todos ajudássemos a iluminar o caminho dos outros!