Oração da Manhã: 5 de fevereiro 2020

Oração da Manhã: 5 de fevereiro 2020

Quando sinto um nó no estômago, deito-me no chão e costumo abrir as minhas caixas de cores! Abro a caixa vermelha e deixo que saltem para o chão todas as emoções que guardo: ira, fúria, cólera, medo, raiva, vergonha.
Abro a caixa negra e de lá saem, quase sem brilho, as palavras tristeza, pena, angustia…
Abro a caixa verde e encontro as palavras orgulho, esperança, fé, sonho, confiança, compaixão…
Abro a caixa amarela e de lá saltam palavras brilhantes: amizade, amor, ternura, alegria, felicidade…
Abro a caixa azul e, sem ruído, caem as palavras humildade, gratidão, calma, paz…
De repente misturo as palavras, ordeno e desordeno, agrupo e volto a baralhar. Depois decido quais as palavras que quero guardar para me acompanharem durante o dia.
Hoje escolhi três palavras: VERDE – CONFIANÇA. AMARELO – AMOR e AZUL – CALMA.
As outras palavras voltei a coloca-las na caixa. Por fim, o nó no estômago desapareceu!