Oração da manhã: dia 16 de novembro de 2015

Oração da manhã: dia 16 de novembro de 2015

Certa vez, na tentativa de escapar a um assalto, um homem entrou num caminho que saía da estrada e entrava pelo meio do mato. Já sem saber a quem recorrer ou como fazer, fez a seguinte oração: “Deus Todo Poderoso fazei com que dois anjos desçam do céu e tapem a entrada do caminho para que os bandidos não me ataquem”
Nesse momento, percebeu que os perseguidores se aproximavam do caminho onde ele estava escondido e viu que, na entrada do caminho, apareceu uma minúscula aranha.
A aranha começou a tecer uma teia na entrada do caminho.
Diante disto, o homem fez de novo uma oração:
– “Senhor, eu pedi dois anjos, não uma aranha!”
– “Senhor, por favor, faz com que se erga um muro no caminho para que estes homens não me façam mal!
Quando terminou a oração abriu os olhos e continuou a ver a aranha a tecer a teia.
Quando os bandidos chegaram ao início do caminho, vendo uma teia de aranha disse-ram entre si:
“Vamos por outro caminho!” Esta teia de aranha é sinal que ninguém passou por aqui.”
Senhor ajuda-me a crescer na confiança!