Oração da manhã: dia 23 de maio de 2016

Oração da manhã: dia 23 de maio de 2016

No dia em que fiz 12 anos os meus avós ofereceram-me uma bicicleta nova.

Na manhã seguinte, um dos meus amigos pediu para dar uma voltinha. Não gostei muito da ideia mas acabei por ceder. Fiquei ainda mais furioso quando, num outro dia, ele me pediu emprestada a bicicleta para poder ir com uns amigos dar um passeio. Quando no dia seguinte os pais do meu amigo vieram devolver a bicicleta… esta estava muito mal tratada! Fiquei furioso ao ponto de ir discutir com o meu amigo.

Percebendo que estava muito chateado lembro-me do que me disse a minha mãe: – Lembras-te daquela vez que um carro, ao passar, te encheu os sapatos de lama? Ao chegar a casa querias limpar imediatamente a lama que ficou nos sapatos mas a tua avó não deixou. O conselho da avó foi: deixa primeiro a lama secar e, depois sim, fica mais fácil limpar os sapatos. Com a raiva é a mesma coisa. Primeiro deixa a raiva secar e depois ficará bem mais fácil resolver tudo.

Mais tarde, naquele mesmo dia, a campainha tocou: era o meu amigo! Pediu desculpa e entregou-me uma nova bicicleta.

Diante deste cenário respondi: – Não faz mal, a minha raiva já secou!