Escrita Criativa: “ Escondido atrás do rochedo, o rapaz, imóvel e calado, olhava”, por Beatriz Ribeiro, 4 º C

Escrita Criativa: “ Escondido atrás do rochedo, o rapaz, imóvel e calado, olhava”, por Beatriz Ribeiro, 4 º C

20150225_114113A Menina do Mar, enquanto dançava bateu contra o rochedo e, de repente, o rapaz saltou e a menina perguntou:

_ Olá, como é que te chamas?

_ Olá, eu chamo-me Rapaz da Casa Branca. – respondeu o rapaz.

 

_ Queres vir comigo ao fundo do mar?

Ah! E já agora, chamo-me Menina do Mar.

O rapaz aceitou e , com o pozinho mágico da respiração, foram os dois visitar os amigos: o polvo, o caranguejo , o peixe, o tubarão e muitos outros.

No fim das visitas, foram apanhar conchas comestíveis. Quando apanharam todas, foram almoçar à luz reluzente das algas.

O menino como adorava a vida no mar, passou a viver lá, junto da Menina do Mar e dos amigos.

 

Beatriz Ribeiro   4 º C

 

 

Informação:

20150225_113626 (1)Sophia de Mello Breyner Andreson, nasceu no Porto mas foi em Lisboa que viveu.
Começou a escrever para crianças quando os seus filhos eram pequeninos e tiveram sarampo. Era preciso entretê-los.
A autora procurou a memória daquilo que a tinha fascinado na sua própria infância. A praia e o mar faziam parte da sua FELICIDADE. Foi a partir desse antigo mundo real e imaginário que escreveu a história da Menina do Mar.

Os alunos do 4 C tiveram o desafio de imaginar o cenário onde acontece o encontro entre o Rapaz da Casa Branca e a Menina Do Mar. De seguida imaginaram uma parte desse encontro.